Sunday, September 30, 2007

Terceiro post seguido sobre Mark Hollis e os TALK TALK

Para muito boa gente os TALK TALK não são mais do que a banda dos anos 80 que,como muitas outras,nos trouxe um punhado de grandes singles (It's my life, Such a shame ou Life's what you make it são bom exemplo). Pois os Talk Talk são muito, muito mais do que isso.
Comecem pelo The Colour of Spring para encontrarem música de primeira estirpe,sem negligenciar o formato de canção Pop mas já com evidentes indícios do que viria a seguir. As músicas arrastam-se por 4,5 minutos sem provocarem o mínimo cansaço,antes, dão vontade de carregar no Repeat e ouvir o disco todo de novo.
Depois de se viciarem no Coulour of Spring corram a comprar o Spirit of Eden (apanhei-o em SACD na Fnac) e pasmem-se com a qualidade da musica que vão ouvir, a milhas de distãncia dos anteriores discos que os puseram na MTV. A música aqui é ambiental, fracturada, etérea, violentamente calma, cheia de espaço e silêncio. Sim , silêncio. Muito antes do Abrunhosa gritar aos sete ventos que o silêncio era de importância maior na música já o Mark Hollis o tinha descoberto à muito e...silenciosamente.

2 comments:

marmara said...

já ouvi alguma coisa e gostei!!!!!

marmara said...

Olha..e os POLICE? Não dizes nada? como foi, etc... :)
Estava à espera de um post!!!